Sinaxe dos Doze Apóstolos, 30 de Junho

30 de Junho

Estes são os nomes dos doze Apóstolos: Primeiro Simão, chamado Pedro, e seu irmão André; Tiago e seu irmão João, filhos de Zebedeu; Felipe, e Bartolomeu; Tomé e Mateus, o cobrador de impostos; Tiago, filho de Alfeo, e Tadeu; Simão o zelote e Matias, que foi eleito para assumir o lugar de Judas Iscariotes, o que traiu Jesus.

Todos os discípulos de Jesus morreram como mártires, com exceção de dois: Judas e João. Judas Iscariotes, que traiu Jesus e acabou se enforcando;  João , após ser exilado na ilha de Patmos, obteve a liberdade e morreu de morte natural;  Matias, ficou no lugar de Judas Iscariotes e foi martirizado na Etiópia;  Simão , 

Santos Apóstolos Pedro e Paulo, 29 de Junho

29 de Junho

     O Apóstolo São Pedro era chamado, antes, Simão, o filho de Jonas, pescador de Betsaida na Galiléia, e irmão do Apóstolo Santo André, o «Primeiro Chamado», que foi quem o conduziu a Cristo.  São Pedro era casado e tinha sua casa em Cafarnaúm. Chamado por nosso Salvador, Jesus Cristo, enquanto pescava no Lago de Genesaré (Mar de Tiberíades), sempre demonstrou uma especial devoção e determinação, pelo que se fez digno de uma especial abordagem do Senhor, Foi o primeiro que confessou com determinação ao Senhor Jesus como o Cristo (Messias), e por isso foi digno de ser chamado «Pedra» (Pedro). Sobre esta fé firme como pedra de Pedro o Senhor prometeu edificar a Sua Igreja, contra a qual não prevalecerão as portas do inferno.  

Transladação das relíquias dos santos Ciro e João, anargiros , 28 de junho

28 de Junho

    A transladação das relíquias dos Santos Mártires, anárgiros e taumaturgos , Ciro e João da cidade de Canopo, perto de Alexandria (onde sofreram no ano 311) para a aldeia vizinha de Menuthis, ocorreu no ano 412. Esta vila egípcia colocava medo em todos, porque no passado, havia um templo pagão habitado por espíritos malignos. O Patriarca Teófilo (385-412) queria purificar este lugar dos demônios, mas ele morreu. Seu desejo foi cumprido por seu sucessor na Sé de Alexandria, o Santo Patriarca Cirilo (412-444). 

São Sansão, o hospitaleiro , 27 de Junho

27 de Junho

   São Sansão, o Hospitaleiro foi filho de pais romanos ricos e ilustres que lhe deram uma educação excelente que o fizeram médico.Depois da morte do pais ele distribuiu os bens herdados entre os pobres e liberou os escravos. Logo depois se dirigiu para Constantinopla onde se estabeleceu numa pequena casa onde alojava viajantes, pobres e doentes. Pela sua vida ascética e de entrega ao próximo, Deus lhe deu o poder da cura,não só pelo conhecimento médico mas por suas virtudes. Sua fama se espalhou e o Patriarca resolveu ordená-lo presbítero.

 

São João, bispo de Goths, 26 de Junho

26 de Junho

     São João é venerado nas igrejas do Oriente, mais que no Ocidente, devido à sua corajosa oposição aos iconoclastas. Era natural da região norte do Mar Negro, que compreendia a Criméia, e seu avô era um legionário armênio. Em 761, o então Bispo de Goths, uma importante cidade da região, aderiu à iconoclastia para ficar bem aos olhos do Imperador Constantino Coprônimo, que apoiava estas idéias e se dispunha a abolir as santas imagens.

     A adesão do bispo ao movimento iconoclasta foi recompensada com uma promoção ao posto mais elevado de Heraclea. Seus diocesanos, porém, mais ortodoxos que seu bispo, passaram a ignorá-lo como tal e, para o seu lugar, elegeram o bispo João. As autoridades aprovaram a eleição, mas os moradores de Goths tiveram de esperar pelo retorno do novo bispo que se encontrava em Jerusalém onde passou por três anos. 

São Máximo, bispo de Turim († 470) , 25 de Junho

25 de Junho

     São Máximo, bispo de Turim, que nasceu mais ou menos nos meados do século IV no Piemonte e morreu entre 408 e 423, é considerado o fundador da diocese de Turim, erigida pela iniciativa de santo Ambrósio e de santo Eusébio de Vercelli, de quem o próprio São Máximo se declarava discípulo.

     Ele exorta seus fiéis, amedrontados pela aproximação do exército dos bárbaros a empunhar as armas do “jejum, da oração e da misericórdia” 

Natividade do Glorioso Profeta e Precursor São João Batista, 24 de Junho

24 de Junho

    Neste dia 24 de junho, os cristãos do Oriente e do Ocidente celebram o nascimento de São João Batista, na tradição oriental é comum iconografar São João Batista na forma de um Anjo. Com efeito “era mais que um homem”, como diz o evangelho, e a palavra “mensageiro” em grego coincide com nossa tradução”.

    Sendo um dos santos mais venerados no Oriente bizantino, é compreensível que muitas sejam as formas de representá-lo em ícones: encontramo-lo representado sozinho, ou em episódios da sua vida, especialmente o da sua decapitação.  João é filho de Zacarias que, por causa de sua pouca fé, tornou-se mudo, 

Santa Agripina, Virgem e Mártir, 23 de Junho

23 de Junho

Santa Agripina, virgem e mártir, é muito venerada na Sicília e, em menor medida, na Grécia. Sabe-se que era uma jovem de nascimento nobre e que, por causa de sua fé cristã teria morrido, ou por decapitação ou depois de duros açoites, durante o reinado de Valeriano, ou na perseguição de Diocleciano. Após o martírio, três mulheres cristãs de nomes, Bassa, Paula e Agatônice recolheram o corpo da jovem Agripina e levaram-no para Mineo, na Sicília, para ali sepultá-lo. 

 

Santo Eusébio, bispo de Samosata, 22 de Junho

22 de Junho

     Nada se sabe sobre a origem e a primeira parte da vida de Santo Eusébio. A história começa a registrar sua existência por volta do ano 361, quando já era bispo de Samosata ,Quando teve início a perseguição de Valente, Santo Eusébio, não satisfeito em proteger os seus próprios fiéis da heresia, empreendeu, de maneira incógnita, várias viagens para a Síria e Palestina para fortalecer a fé dos católicos, ordenar sacerdotes e ajudar aos bispos ortodoxos a nomear verdadeiros e dignos pastores para ocupar as sedes que ficavam vacantes. Seu extraordinário zelo despertou a animosidade dos arianos e, em 374, o Imperador Valente promulgou uma ordem que o condenava ao exílio em Trácia. 

 

São Juliano ( Julião ), Mártir Tarso, 21 de Junho

21 de Junho

       O pai de Juliano, idólatra, ocupava uma alta posição no Senado e sua mãe era cristã. Juliano amou tanto a cruz de Cristo que, aos 18 anos, diante do Pro cônsul Marciano, confessou corajosamente a sua fé em Cristo, sabendo que, por causa disso, poderia ser torturado.

       E assim foi,Tão logo São Juliano acabou de falar, o Pro cônsul, ordenou que ele fosse espancado e atirado numa cela. Depois disso, Marciano mandou que a mãe do santo fosse chamada e trazida para que visse o seu filho espancado e ferido e tentasse convencê-lo a abandonar a sua fé cristã. Pois, foi exatamente o contrário o que aconteceu: a mãe pediu-lhe para que se mantivesse firme em sua fé e,

1/4

Please reload

احتفالات حزيران

Rua Vergueiro, 1515, Paraíso, CEP: 04101-000 - São Paulo / Brasil

Tronco Chave : + 55 (11) 5907-8610   ***   E-mail: catedralortodoxa@uol.com.br

 

 

 

© Copyright 2015 IGREJA ORTODOXA ANTIOQUINA - BRASIL

All Rights Reserved * Web Design by Catedral Ortodoxa IT Team

  • Wix Facebook page
  • YouTube Classic