Santos Cosme e Damião, 01 de Julho

01 de Julho

   Os Santos Anárgiros (que não aceitam dinheiro) eram irmãos e originários de Roma. Estudaram medicina, não como uma profissão lucrativa, mas como uma missão filantrópica, Mas dedicavam-se, preferencialmente, ao atendimento aos pobres, pois, como diziam, «uma cabana tem mais necessidades que um palácio». Mas, quando curavam algum rico enfermo e este insistia em lhes retribuir com algum dinheiro, os santos indicavam um pobre que estivesse enfermo para que o dinheiro fosse levado a ele, Isso, no entanto, despertou à inveja de outros médicos, especialmente no próprio mestre deles, que os detestava por serem cristãos, Num certo dia, enquanto colhiam plantas medicinais,  

 

Transladação da veste da Ss. Virgem, 02 de Julho

02 de Julho

    Na época do Imperador Leão I (457-474), dois irmãos empreenderam uma peregrinação à Terra Santa, hospedando-se na casa de uma viúva de idade já avançada. Nesta casa havia um pequeno altar improvisado e os dois irmãos tomaram conhecimento de que ali muitos milagres aconteciam. Insistiram então com a mulher para que lhes contasse como isso acontecia. A mulher, por fim, revelou que guardava num cofre um presente da Santa Mãe de Deus (Theotokos). Nossa Senhora, disse ela, no transcurso de sua existência, era assistida por duas mulheres virgens que a ajudavam. Antes da sua Dormição, a Mãe de Deus ofereceu a cada uma delas um presente como bênção.

Santo Anatólio, Patriarca de Constantinopla, 03 de Julho

03 de Julho

    São Flaviano morreu como conseqüência dos maus tratos que havia recebido na assembléia conciliar de Éfeso. Anatólio, que foi eleito para sucedê-lo na sede de Constantinopla, foi consagrado pelo monofisita Dióscoro de Alexandria. Santo Anatólio, que era de Alexandria, tinha se destacado durante o Concílio de Éfeso como adversário do nestorianismo. Pouco depois de sua consagração episcopal, Santo Anatólio reuniu um sínodo, em Constantinopla, no qual ratificou solenemente a carta dogmática («o Tomo»), que São Leão tinha enviado a São Flaviano, encaminhando uma cópia desta carta a cada um dos seus metropolitanos,

Santo André de Creta, Arcebispo de Gortina, 04 de Julho

04 de Julho

   André nasceu em Damasco, em meados do século VII. Aos quinze anos de idade, mudou-se para Jerusalém, razão pela qual recebe, algumas vezes, o título de Santo André de Jerusalém. Nesta cidade se tornou monge no Monastério de São Savas, e no Monastério do Santo sepulcro recebeu as ordens menores do leitorado e do subdiaconato. No ano 685, o Patriarca de Jerusalém, Theodoro, o enviou à Constantinopla para reiterar a adesão de sua Igreja ao Sexto Concílio Ecumênico da Igreja que acabava de condenar a heresia monotelita. Santo André ficou em Constantinopla e lá foi ordenado diácono da Grande Basílica, 

Santo Atanásio, o Athonita, 05 de Julho

05 de Julho

   Santo Atanásio foi o organizador dos monastérios no Monte Athos (situado num prolongamento da Península Calcídica, da qual se desprendem três faixas montanhosas que adentram no Mar Egeu). Nasceu em Trebizonda, por volta do ano 920, filho de um Antioquino e recebeu no batismo o nome de Abraão. Fez seus estudos em Constantinopla, onde se tornou professor. Enquanto exercia nesta cidade o ofício de professor, conheceu São Miguel Maleinos e seu sobrinho Nicéforo Focas. Este último tornou-se, mais tarde, seu protetor, ao ocupar o trono imperial. Abraão tomou o hábito no monastério que São Miguel dirigia, em Kimina de Bitínia, recebendo o nome de Atanásio. Ali viveu até o ano 958, mais ou menos. 

São Sisoé, o Grande, 06 de Julho

06 de Julho

   

    São Sisoé, que viveu no século V, foi um monge no deserto do Egito onde brilhou por sua espiritualidade, suas qualidades intelectuais, humildade e filantropia. Seu nome se propagou rapidamente entre os fiéis, e recorriam a ele para pedir sua benção e buscar seus conselhos espirituais. 

 

Santa Kiriaki, a Grande Mártir, 07 de Julho

07 de Julho

    Santa Kiriaki era filha de Doroteo e Eusébia. A menina nasceu num domingo, e por isso lhe deram o nome de Kiriaki (Dominga, em português). Durante a perseguição de Diocleciano, seus pais foram presos e, em seguida, submetidos a interrogatório, torturados e decapitados. Kiriaki foi levada ao César Maximiano e, dali, para o soberano de Bizínias, Ilariano, que lhe disse que a sua beleza era para prazeres e não para torturas. Kiriaki respondeu então prontamente: «Nem à minha juventude, nem à minha beleza eu dou a menor importância; as mais brilhantes coisas deste mundo são passageiras como as flores, e vazias como as sombras, Hoje eu sou bela,

São Procópio, Mártir, 08 de Julho

08 de Julho

    São Procópio foi o primeiro dos mártires da Palestina. Era um homem cheio da graça divina que, desde menino cultivou-se casto, exercitando-se na prática das virtudes, De tal modo exercia domínio sobre o corpo, a ponto de convertê-lo, por assim dizer, num cadáver, Sobrevivia a pão e água, alimentando-se somente a cada dois ou três dias. Em certas ocasiões prolongava seu jejum por uma semana inteira. A meditação da palavra de Deus absorvia sua atenção dia e noite, sem a menor fadiga, Era amável e bondoso, mas se considerava o último dos homens, e a todos edificava com suas palavras. Concentrava seus estudos na Palavra de Deus. Nasceu em Aelia (Jerusalém), mas residia em Escitópolis (Betsán), onde desempenhava três cargos eclesiásticos. 

São Pancrácio, Bispo e Mártir, 09 de Julho

09 de Julho

     Era natural de Antioquia e viveu na época dos apóstolos. Ainda jovem, foi com seus pais à Jerusalém e lá se batizou. Logo após a morte de seus pais, Pancrácio desejava dedicar-se de alma inteira a Cristo e à propagação de seu Evangelho. No entanto, como fazê-lo se herdara toda a riqueza de seus pais? A resposta Pancrácio encontrou nas próprias palavras do Senhor: «Se queres ser perfeito, vai, vende teus bens, dá-os aos pobres e terás um tesouro no céu. Depois, vem e segue-me!» (Mt 19:21) De fato, Pancrácio pôs em prática esta exigência: libertou os escravos, repartiu todos os bens com os pobres e, livre de todas as preocupações existenciais, dedicou-se exclusivamente à propagação da Palavra do Evangelho.

Os Santos 45 Mártires de Nikópolis, 10 de Julho

10 de Julho

    Estes santos foram martirizados no início do século 4º, na época do imperador Licínio, na cidade de Nikópolis, na Armênia.  Após tomarem conhecimento de um decreto contra os cristãos publicados por ordem do imperador Licínio, os Santos Mártires se apresentaram diante do imperador e confessaram sua fé. Licínio, depois de escutá-los, interrogou-lhes por que não adoravam aos deuses (pagãos), ao que responderam: «Cristo nos ensinou a não prestarmos adoração a deuses que não existem». Ouvindo a resposta, Licínio ordenou que amarrassem pés e mãos e conduzissem todos à prisão, privando-os de água e pão. Os Santos passaram a noite em oração. 

1/4

Please reload

  • Catedral Ortodoxa Antioquina
  • Catedral Metropolitana Ortodoxa – SP – BR

Rua Vergueiro, 1515, Paraíso, CEP: 04101-000 - São Paulo / Brasil

Tronco Chave : + 55 (11) 5907-8610   ***   E-mail: catedralortodoxa@uol.com.br

© Copyright 2020 IGREJA ORTODOXA ANTIOQUINA - BRASIL

All Rights Reserved * Web Design by Catedral Ortodoxa - IT Manager