Santa Melânia, a Romana (†410) , 31 de Dezembro

31 de Dezembro

    Santa Melania (a avó de Melania, a jovem) foi uma patriota, casada com Valério Máximo, prefeito de Roma no ano de 362, Aos 22 anos de idade ficou viúva e mudou-se para a Palestina, deixando seu filho Publicola aos cuidados de tutores, Na Palestina, fundou um monastério em Jerusalém com 50 moças que se consagraram ao serviço de Deus, No monastério, Melania se entregou a uma vida austera, de orações e de caridade, Tempos depois seu filho Publicola chegou a ocupar um posto no senado romano e se casou com Albina, uma cristã, filha de Albino, um sacerdote pagão, Do casamento de Albina com o filho de Melânia, Senador Publicola, nasceu Melania, a jovem, criada e educada na fé cristã por sua mãe, na luxuosa residência do senador Publicola, cristão também, mas demasiado ambicioso para ocupar-se de sua fé,

 

Santa Anísia de Tessalônica, mon. e mártir (início do séc. IV) , 30 de Dezembro

30 de Dezembro

    Santa Anísia nasceu na cidade de Tessalônica, na Grécia, nos fins do século III, Seus pais eram pessoas bondosas, de muita fortuna e muito devotos, Educaram sua filha na fé cristã, Anísia tornou-se órfã muito cedo, e herdeira de muitos escravos, terras e jóias. Naquele tempo, persistiam ainda as perseguições aos cristãos. Havia um mandato do imperador Maximiano (284-305) determinando que os cristãos que não abjurassem sua fé e não oferecessem sacrifícios aos ídolos pagãos deveriam ser martirizados, Assim, qualquer pessoa poderia matar impunemente um cristão, Sabendo que era difícil os ricos entrarem no Reino dos Céus, Anísia libertou seus escravos, vendeu suas propriedades e ajudou os necessitados: viúvas, órfãos, mendigos e presos, Não os ajudava comente com dinheiro, como também cuidava dos doentes e consolava os aflitos. Quando terminaram todos os seus recursos,

Os Santos Meninos Inocentes, mártires, séc. I (cerca de 14.000) decapitados por Herodes , 29 de Dezembro

29 de Dezembro

    A Igreja honra como mártires este coro de crianças, vítimas do terrível e sanguinário rei Herodes, arrancadas dos braços das suas mães para escrever com o seu próprio sangue a primeira página do álbum de ouro dos mártires cristãos e merecer a glória eterna, segundo a promessa de Jesus: “Quem perder a vida por amor a mim há-de encontrará-la”,Herodes, chamado «o Grande», governava o povo judeu, dominado por Roma, na época do nascimento de Nosso Senhor Jesus Cristo, Herodes era idumeo, isto é, não era um judeu pertencente à casa de David e Aarão, mas descendia de um povo que foi forçado a abraçar o judaísmo por um tal de João Hyrcan, Ocupava o trono da Judéia por um favor especial da casa Imperial de Roma, Portanto, desde que ouviu dizer que já estava no mundo um ser nascido como

Santos Mártires de Nicomédia († 303) , 28 de Dezembro

28 de Dezembro

   No século VI, quando governava Diocleciano e Máximos, havia muitos cristãos na cidade de Nicomédia, O bispo da cidade era Antimos, homem digno  que incansavelmente, noite e dia, rezava pelas almas dos fiéis. Este número expressivo de cristãos  fez aumentar a inveja dos idólatras que desejavam eliminar as igrejas cristãs, principalmente as maiores e as centrais da cidade. Planejaram então na festa da Natividade fazer uma matança de cristãos. Os cristãos como nada sabiam, reuniram-se para celebrar o Nascimento de Cristo, normalmente, O bispo Antimos, ao saber que estavam rodeados por  um exército e idólatras armados, ordenou que se celebrasse rapidamente o Sacramento da Eucaristia.

 

Santo Estêvão, Protomártir e Arquidiácono († 37) , 27 de Dezembro

27 de Dezembro

   Santo Estêvão pertencia a uma família judia que vivia no estrangeiro – isto é, fora da Terra Santa. Esses judeus eram chamados helenistas, pois cultivavam a cultura grega, que dominava o Império Romano. Depois que o Espírito Santo desceu sobre os apóstolos, a Igreja começou a crescer rapidamente e surgiu a necessidade de cuidar dos órfãos, das viúvas e dos pobres em geral que haviam sido batizados. Os apóstolos incumbiram aos cristãos de escolher entre eles sete homens qualificados para cuidar dos necessitados. Depois de consagrar a estes sete homens como diáconos (ou seja, assistentes ou colaboradores) os nomearam como seus auxiliares mais próximos. Entre estes, o jovem Estevão se destacava pela sua fé inabalável e sua facilidade com as palavras.

 

Sinaxe da Santíssima Mãe de Deus , 26 de dezembro

26 de Dezembro

    No segundo dia da festa, a Sinaxe da Santíssima Mãe de Deus é comemorada. Combinando os hinos do Natal com aqueles que comemoram a Mãe de Deus, a Igreja enfatiza Maria como sendo aquela cuja a Encarnação tornou-se possível. A humanidade de Cristo, concretamente e historicamente, é a humanidade que Ele recebeu dela. Seu corpo é, acima de tudo, o corpo dela. Sua vida é a vida dela . Esta festa é provavelmente a mais antiga festa de Maria na tradição cristã, o início de sua veneração pela Igreja.

 

 

OS SANTOS REIS MAGOS , 25 DE DEZEMBRO

25 de Dezembro

     Também no dia 25 de dezembro a Igreja Ortodoxa comemora quando Jesus Cristo recém-nascido recebeu a visita de três Reis Magos, vindos do oriente que de acordo com a tradição chamavam-se Belchior, Gaspar e Baltazar. A história dos Reis Magos diz que eles esperavam pelo Salvador. Deus os recompensou pela retidão com uma maravilhosa estrela guia, reconhecida pela sabedoria de suas mentes como o sinal a ser seguido, para orientação dos seus passos até onde se achava o Menino Jesus. Foram eles que mostraram ao mundo o cumprimento da profecia de séculos, chegando no palácio do rei Herodes, de surpresa e perguntando “pelo Messias, o recém-nascido rei dos judeus”. Nesta época aquele tirano reprimia a população pelo medo, com ira sanguinária. Mas os Reis Magos não o temeram, prosseguiram sua busca e encontraram o Menino Jesus. A Bíblia diz que os Reis Magos chegaram à casa e viram o Menino Jesus com sua Mãe. Isto porque José já tinha providenciado uma moradia muito pobre, mas mais apropriada, do que a gruta de Belém onde Jesus nascera. Alí, os reis magos, depois de adorar o Messias, entregaram os presentes: ouro,

Santa Eugênia, mártir (fim do séc. III) , 24 de Dezembro

24 de Dezembro

   Santa Eugênia era filha de uma distinta família de nobres e tinha dois irmãos: Abita e Sérgio, Seus pais se chamavam Felipe e Claudia, Felipe era prefeito de Roma e logo foi transferido pra Alexandria com toda a sua família. Em Alexandria, Eugênia teve a possibilidade de conhecer e aprender a fé cristã, em particular, quando encontrou nas mãos de uma menina as epístolas de São Paulo, Ao ler as escrituras comentou: «Aqui dentro não existem teorias filosóficas de adoração, Destas escrituras emanam vida e esperança», Neste tempo seus pais havia comprometido Eugênica em um casamento com algum romano da alta sociedade, porém ela não queria assumir este compromisso. Então, fazendo-se acompanhar de dois servos, Protas e Jacinto, partiu à noite e em segredo de Alexandria,

 

Santos Dez Mártires de Creta († c. 250) , 23 de Dezembro

23 de Dezembro

   Quando foi publicado o Edito de Décio contra os cristãos, um cruel governador da Ilha de Creta deu início à perseguição, As vítimas mais distintas foram os dez mártires de Creta: Teódulo, Saturnino, Euporo, Gelásio, Euniciano, Zótico, Cleomenes, Agatopo, Basílides e Evaristo. Os três primeiros eram naturais de Cortina, a capital, Os juízes ordenaram-lhes oferecer sacrifícios para Júpiter, pois neste dia era celebrada a festa em sua honra, Eles reagiram, respondendo que jamais ofereceriam sacrifícios para um ídolo, O governador então lhes disse: «Vós, que depreciais esta grande assembléia, na qual se rende culto ao todo-poderoso Júpiter, Juno, Rea e outras divinidades, vereis o poder dos deuses», Os mártires responderam que conheciam muito bem a lenda da vida de Júpiter, e que, seguramente, os que lhe consideravam uma divindade, deviam ter por virtude imitar os seus vícios,

Santa Anastásia , A "Salvadora Das Poções " , Megalomártir (fim do séc. III) , 22 de Dezembro

22 de Dezembro

    Esta Santa Mártir, natural de Roma, era uma jovem muito gentil, rica e poderosa, filha de Pretextatus e de Fausta. Sua mãe a iniciou desde logo na fé e virtudes cristãs, Anastásia casou-se quando ainda era ainda muito jovem com um homem chamado Publius Patricius, um fanático, idólatra, de vida licenciosa e torturador de cristãos, Por isso, a santa não havia se batizado ainda, mas exercitava-se numa vida cristã muito ativa: vestia-se com roupas simples e velhas, ia às prisões para visitar os mártires cristãos que lá se encontravam em situação de sofrimento ajudando-os com comida, roupa ou dinheiro, Depois que seu marido faleceu ela passou a dedicar-se ainda com mais afinco a estas atividades, Tratava os ferimentos dos mártires, libertava-os das correntes que os feria e os consolava em suas angústias,

1/4

Please reload

احتفالات حزيران

Rua Vergueiro, 1515, Paraíso, CEP: 04101-000 - São Paulo / Brasil

Tronco Chave : + 55 (11) 5907-8610   ***   E-mail: catedralortodoxa@uol.com.br

 

 

 

© Copyright 2015 IGREJA ORTODOXA ANTIOQUINA - BRASIL

All Rights Reserved * Web Design by Catedral Ortodoxa IT Team

  • Wix Facebook page
  • YouTube Classic