Search

Festa das Portadoras de Aromas


Meus Irmãos no Episcopado:

Dom Romanós

Dom Marcos,

Reverendos Padres,

Ilustríssimos Senhores Conselheiros,

Ilustríssimas Senhoras da Liga das Senhoras Ortodoxas:

Senhora Regina Mansour, Presidente do Conselho,

Senhora Venice Azkoul, Presidente da Diretoria,

Prezados paroquianos e amigos.

Cristo Ressuscitou!

Em todo segundo Domingo após a Páscoa, a Festa das Festas, nossa Igreja celebra a memória daquelas santas mulheres que, muito cedo, foram ao túmulo de nosso Senhor Jesus Cristo, sendo chamadas “portadoras de aromas”, como cantamos na Sexta Feira Santa:

“As portadoras de aromas muito cedo levavam ao túmulo aromas”.

O que mais distingue essas mulheres é o fato de terem sido elas as primeiras a ouvir do Anjo a Boa Nova: “Cristo Ressuscitou!”

E foram elas que transmitiram aos discípulos esta Boa Nova e, através deles, a todo o mundo.

O Santo Evangelho narra as palavras do Anjo: “Por que estais procurando entre os mortos aquele que está vivo? Não está aqui. Ressuscitou! Ide depressa contar aos discípulos...”

Assim elas se tornaram as “apóstolas dos Apóstolos”.

Estamos relembrando essas santas mulheres, porque hoje celebramos a Santa Missa pela Liga das Senhoras Ortodoxas, que tomaram por suas padroeiras as portadoras de aromas.

Hoje celebramos esta festa e a pergunta que cada um deve se fazer é: O que ela significa? Como pode ser realmente uma festa e que benefício nos traz?

Queridos,

Se voltarmos na história até o ano de 1.948, podemos saber quem fundou a Liga e qual a razão de sua fundação.

Podemos saber com clareza, por sua ata de fundação, pela correspondência eclesiástica e pelas referências históricas, que a Liga das Senhoras Ortodoxas foi fundada quando se sentiu necessidade em nossa Igreja e em nossa coletividade da dedicação especial de mulheres cristãs a causas nobres, atos de misericórdia e amor quando os mesmos se fizessem mais necessários.

O mais importante é que a Liga foi fundada por razões e objetivos eclesiásticos, patrióticos, humanitários e culturais.

Para entender isto, basta ler sua ata de fundação.

Foi todo um trabalho para transmitir o espírito de vida e atividades aos filhos da Igreja à qual pertenciam, num esforço para fortalecer os laços entre todos os componentes da comunidade árabe no Brasil com a Pátria Mãe, seus países de origem, de onde vieram, deixando entes queridos e procurando uma vida melhor neste abençoado país, o Brasil.

Para tanto, planejaram a fundação de uma escola para o ensino da língua árabe, a fim de que os filhos de nossa gente continuassem a ligação com o idioma, a cultura e civilização da terra de seus pais e avós.

Tudo isso tem relação com esta casa em que agora nos encontramos, a Catedral, como foi escrito na ata de fundação: “a Liga cuida da Catedral e a embeleza”.

Isto porque a construção da Catedral estava no início e a primeira iniciativa das senhoras foi exatamente a doação dos bancos para esta Catedral, os mesmos que são usados por nós hoje.

A Liga também prestou serviços patrióticos quando houve dificuldades na Pátria, enviando auxílio aos necessitados na Síria, Líbano e Palestina, e ainda no nordeste do Brasil em momentos de calamidade.

Queridos,

Em 1.952, com motivação e incentivo dos filhos de nossa Comunidade e ajuda do Conselho Ortodoxo, a Liga decidiu abrir uma Escola Primária que deveria se tornar depois Colégio, Faculdade e Universidade, num nível elevado e digno, para os membros da comunidade árabe e outros.

Por isso, existe hoje o Colégio Metropolitano São Paulo, na esperança de que venha a ser realmente uma Universidade.

Como dissemos e como registra a história, esta Liga é filha da Igreja Ortodoxa e seu nome mostra claramente esta relação familiar – Liga das Senhoras Ortodoxas.

A Igreja, como mãe que é, não pode se esquecer de seus filhos, nem abandoná-los. E o filho que está sempre ligado com sua Mãe – Igreja, não envelhece nem morre, mas permanece jovem e ativo, porque a Igreja é Mãe eterna, como seu Mestre Jesus Cristo.

Lembramos, com isso, que todo homem é mortal e deixa nesta terra apenas as boas obras praticadas com toda sinceridade, honestidade e carinho.

E como falamos de nossa mãe, a Igreja, nos lembramos de que, como todos sabem, o próximo domingo é o Dia das Mães, e queremos aproveitar para, desde já, desejar a todas as mães, especialmente às senhoras da Liga, as bênçãos de Deus, com muita saúde e felicidade.

Finalmente, rogamos a Deus que dê descanso às almas dos falecidos fundadores e fundadoras da Liga das Senhoras Ortodoxas.

Nesta feliz ocasião, nós parabenizamos as senhoras da Liga presidentes, diretoras e sócias e desejamos que sejam também elas portadoras da mensagem de alegria, amor e bom serviço para toda a humanidade.

Que sejam uma centelha de luz verdadeira, luz do Oriente, como foi chamado o próprio Jesus, neste país e no mundo.

Que o Senhor ilumine seus caminhos para que preservem as razões e os principais objetivos que são a causa da existência da Liga.

Que desempenhem com muito carinho sua verdadeira missão terrena e espiritual, vivendo em fraternidade, com muita fé e amor em Jesus Cristo, pois com Ele tudo é possível.

Parabéns a todas as senhoras e nossos sinceros agradecimentos a todos os presentes, hoje conosco nesta Santa Missa e nesta festividade.

Deus vos abençoe.

Dom Damaskinos Mansour

Arcebispo Metropolitano

Voltar , Baixar o texto em formato PDF

#arcebispohomilías #portadorasdearomas #homlías2012 #homilías #texto

0 views
  • Catedral Ortodoxa Antioquina
  • Catedral Metropolitana Ortodoxa – SP – BR

Rua Vergueiro, 1515, Paraíso, CEP: 04101-000 - São Paulo / Brasil

Tronco Chave : + 55 (11) 5907-8610   ***   E-mail: catedralortodoxa@uol.com.br

© Copyright 2020 IGREJA ORTODOXA ANTIOQUINA - BRASIL

All Rights Reserved * Web Design by Catedral Ortodoxa - IT Manager